RN será o primeiro estado brasileiro a reconstruir faces em 3D

O Rio Grande do Norte será o primeiro estado do Brasil a contar com uma ferramenta de identificação de cadáveres através de reconstrução facial com tecnologia 3D.

O Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), por meio do Instituto de Medicina Legal (IML), fechou uma parceria com o professor catarinense Cícero Moraes, responsável por fornecer um software de forma gratuita que irá permitir a reconstrução de faces, a partir de crânios em cenas de crimes.

De acordo com o especialista Cícero Moraes, o processo forense de reconstrução facial em 3D pode ser concluído em até duas horas. “Nós desenvolvemos uma série de ferramentas que são baseadas em computação gráfica gratuita no campo 3D, que permite a reconstrução de um crânio, uma face e até mesmo um corpo inteiro. Nesses processos, nós podemos fazer intervenções com o objetivo de identificar elementos que ajudem a perícia criminal”, explica o pesquisador.

A parceria não irá gerar despesas para os cofres do RN, já que a plataforma foi cedida de forma gratuita. O trabalho científico de reconstrução forense será pioneiro entre os institutos de perícia do país.

Via: Portal OP9