RN deve iniciar vacinação de adolescentes entre 12 e 17 anos contra a Covid em setembro

O Rio Grande do Norte pretende iniciar a vacinação de adolescentes de 12 a 17 anos de idade contra a Covid a partir do dia 1º de setembro. A perspectiva foi confirmada pela coordenadora de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), Kelly Lima, em entrevista ao RN 1 desta segunda-feira (16).

“Hoje o Plano Nacional de Imunização autorizou que esses jovens iniciassem a vacinação, apesar de outros estados já terem iniciado. A ideia é que a gente possa até o primeiro dia de setembro já iniciar essa vacinação de crianças de 12 a 17 anos, levando em consideração aquelas que tem algum tipo de comorbidade, deficiência, que vão ser priorizadas pra essa vacinação”, explicou Kelly Lima.

A intenção já tinha sido anunciada também pela governadora Fátima Bezerra no domingo (15), através de uma rede social, em que a gestora reafirmou a “perspectiva de chegarmos em setembro vacinando adolescentes de 12 a 17 anos, conforme anunciei pra vocês”.

A perspectiva inicial era de que os adultos terminassem de ser imunizados com pelo menos uma dose em setembro. Mas a aceleração da campanha no último mês possibilitou uma antecipação das datas. Assim, a intenção da Sesap é de que haja grandes campanhas de mobilização nos dois próximos fins de semana.

“De fato o calendário que havia sido pactuado e disponibilizado pela governadora acabou sofrendo algumas alterações por causa da celeridade que a campanha ganhou nesse último mês. E que nos próximos fins de semana a gente possa fazer grandes mobilizações de Dia D pra que a gente consiga avançar para 90% de toda a população vacinada acima dos 18 anos. Hoje nós estamos om cerca de 70% já vacinada (com 1 dose)”, falou.

Os adolescentes precisam estar cadastrados na plataforma RN+ Vacina – o cadastro foi aberto no fim do mês de julho. “O RN+ Vacina também já foi sinalizado para que possa alterar o cadastro desse público. Então as pessoas que não conseguiram por algum motivo possam tentar novamente pra que a gente possa ter esse público cadastrado, saber a quantidade dessas pessoas e em tempo oportuno pra em setembro vacinar esses adolescentes como outros estados estão fazendo”, explicou Kelly Lima.

Os adolescentes atualmente são cadastrados como dependentes dos adultos no RN+ Vacina. “A ideia é que nos próximos dias esse cadastro também possa ser individual, que possa ser feito pela criança, adolescente, e que a gente possa ampliar essa vacinação. Sempre lembrando que criança e adolescente só pode ser vacinado acompanhado de um responsável”, disse a coordenadora.

A coordenadora de Vigilância em Saúde da Sesap também se mostrou preocupada com o número de pessoas com a segunda dose atrasada no estado, já que para a imunização ser completa nas vacinas de Oxford/AstraZeneca, CoronaVac e Pfizer são necessárias as aplicações da segunda dose – apenas a vacina da Janssen é de dose única. Atualmente no estado, há mais de 40 mil pessoas com a segunda dose atrasada.

VIA – G1RN