Pelo Twitter Luiz Henrique Mandetta anuncia que foi demitido pelo presidente Bolsonaro

Na tarde desta quinta-feira (16), em meio a pandemia do coronavírus, o então ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta anunciou pela sua rede social Twitter que foi demitido pelo presidente Jair Bolsonaro.

Ex-deputado federal, Mandetta estava à frente da pasta desde o início do governo, em janeiro de 2019, e ganhou maior visibilidade com a crise provocada pelo novo coronavírus. Na tarde desta quinta, Mandetta foi chamado ao Planalto para uma última reunião com Jair Bolsonaro.

Nas últimas semanas, Bolsonaro e Mandetta tiveram divergências públicas em razão das estratégias para conter a velocidade do contágio da Covid-19, doença provocada pelo vírus.

Em entrevista a Revista Veja, ao ser questionado se não tinha mais jeito de permanecer no governo Mandetta afirmou que “Não, não. São 60 dias nessa batalha. Isso cansa!… sessenta dias tendo de medir palavras. Você conversa hoje, a pessoa entende, diz que concorda, depois muda de ideia e fala tudo diferente. Você vai, conversa, parece que está tudo acertado e, em seguida, o camarada muda o discurso de novo. Já chega, né? Já ajudamos bastante.”

Quem deverá assumir o cargo deixado pelo Mandetta será o Nelson Teich, médico especializado em oncologia e sócio da Teich Health Care, uma consultoria de serviços médicos.

Teich atuou como consultor informal na campanha eleitoral do presidente, em 2018, e, na época, até chegou a ser cotado para o cargo, mas acabou preterido por Mandetta.