Motoristas de ônibus fazem paralisação de advertência e ameaçam suspender atividades em Natal

Motoristas de ônibus fazem uma paralisação na manhã desta segunda-feira (4) em frente ao sindicato da categoria, próximo ao viaduto do Baldo, Zona Leste de Natal.

O grupo protesta por reajuste salarial com a implementação de uma data-base, além da garantia de benefícios como vale-alimentação e passe livre.

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores e Transportadores Rodoviários do Rio Grande do Norte (Sintro), a categoria ameaça suspender totalmente as atividades em Natal, caso não haja um entendimento com o Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros (Seturn).

“Além de estarmos na linha de frente da pandemia ,por ser serviço essencial, expostos a esse vírus e com carros superlotados, jamais podemos aceitar ser penalizados com a perda dos nossos direitos”, afirmou Júnior Rodoviário, presidente do Sintro.

Os motoristas estacionaram os ônibus entre os bairros Alecrim e Cidade Alta e formaram uma fila com os veículos. A expectativa é de que os trabalhadores sigam em direção à prefeitura para tentar discutir a situação com o prefeito Álvaro Dias.

De acordo com Júnior Rodoviário, a direção do Sintro se reuniu com representantes do Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros (Seturn) e do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania da Justiça do Trabalho (Cejusc), mas não chegaram a um consenso.

“Os empresários não reconheceram a data-base da categoria e com isso a direção entrou na Justiça, com um protesto buscando a garantia dos direitos já conquistados, como passe livre, vale-alimentação e plano de saúde, que estão abertos devido ao fim da ultratividade”, disse o Sintro em nota assinada pelo presidente da entidade.

VIA: G1RN