Moradores do Santo Amaro relatam situação difícil após mudanças feitas pela Cooptagran

Os moradores do bairro Santo Amaro em Extremoz estão passando por uma situação complicada após mudanças feitas pela Cooptagran, a única cooperativa de transportes que atende o bairro.

No dia 09 de novembro o Portal Extremoz publicou aqui a insatisfação dos moradores com um sistema que seria implantado pela Cooptagran, os alternativos da linha B passariam a ir somente até a estação do trem no Centro de Extremoz.

Com a insatisfação dos moradores a cooperativa desistiu e deixou como estava, porém no último sábado (14) todos foram pegos de surpresa com a implantação do sistema de integração e além disso a tarifa única no valor de R$ 3,60 até mesmo dentro do município.

Agora a linha B vai somente até o Jardins de Extremoz, os moradores do Santo Amaro precisam fazer integração com a linha A para ir até o Igapó e voltar para o bairro.

Porém segundo os moradores apenas um veículo está circulando na linha B, aumentando o tempo de espera e ultrapassando o tempo permitido para que haja integração com o cartão RNCARD, ou seja, os moradores estão pagando o dobro preço.

Os moradores que não possuem o RNCARD ou que não conseguem fazer a integração estão tendo que pagar R$ 3,60 até o Centro de Extremoz e mais R$3,60 para ir até o Igapó, totalizando R$ 7,20 e para voltar é da mesma forma, totalizando R$ 14,40 em um único dia.

Author: Redator