Moradores de Extremoz precisam entender: Queimar lixo doméstico ou mato é crime ambiental e causa riscos a saúde

Você sabia que queimar lixo doméstico ou qualquer outro tipo de material que cause poluição de qualquer forma, mesmo que seja em propriedade particular é crime?

A Lei de Crimes Ambientais, nº 9.605 de 1998, em seu artigo 54, descreve o crime de poluição, que consiste no ato de causar poluição, de qualquer forma, que coloque em risco a saúde humana ou segurança dos animais ou destrua a flora.

Em Extremoz é muito comum alguns moradores colocarem fogo no lixo doméstico ou no amontoado de mato ao limpar o quintal, um dos principais fatores que levam os moradores a cometer esse ato é o problema na coleta de lixo e limpeza da cidade.

No entanto o problema na coleta de lixo não pode ser considerado uma desculpa, considerando que ao colocar fogo em lixo doméstico, mato ou qualquer outro tipo de material irá ocasionar fumaça que uma vez inalada pode causar uma série de problemas de saúde.

Entre os principais problemas de inalar fumaça estão desde queimaduras nas vias aéreas até ao desenvolvimento de doenças respiratórias como bronquiolite ou pneumonia, afetando principalmente crianças e idosos.

A Lei n 9.605 prevê que se o crime de poluição ambiental tornar uma área, urbana ou rural, imprópria para a ocupação humana ou causar poluição atmosférica que provoque a retirada, ainda que momentânea, dos habitantes das áreas afetadas, ou que cause danos diretos à saúde da população a pena prevista é reclusão, de um a cinco anos.

Extremoz ainda não possuí uma fiscalização rigorosa para esse tipo de crime, mas vale o bom senso e a conscientização dos próprios moradores, tendo ciência que a fumaça causa uma série de doenças e prejudica a saúde de todos.