fbpx

Klauss Rêgo é citado em delação

O empresário Fred Queiroz preso na Operação Manus, deflagrada no dia 6 de junho e que celebrou colaboração com o Ministério Público Federal  e Ministério Público do Rio Grande do Norte relacionou o nome de algumas lideranças que teriam recebido valores como forma de garantir apoio político à campanha ao Governo do Estado de Henrique Eduardo Alves, em 2014.

Entre os citados na delação está o ex-prefeito de Extremoz, Klauss Rêgo que ficou a frente da gestão do município durante 8 anos e deixou a cidade com um déficit enorme nas contas da Prefeitura. O valor que o prefeito teria recebido não foi detalhado na delação.