Joaz instaura processo administrativo contra Klauss Rêgo e Antônio Lisboa

O Prefeito de Extremoz, Joaz Oliveira, instaurou procedimento de *Tomada de Contas Especial para apurar fatos e quantificar o dano aos recursos financeiros, em face da prática de ato ilegais e antieconômicas.

Segundo a portaria que instaurou o procedimento os atos foram supostamente praticados pelo então prefeito Klauss Rêgo e pelo Ex-Secretário de Administração, Finanças, Planejamento e Informações, Antônio Lisboa Gameleira.

PUBLICIDADE

Os supostos atos ilicitados levou a “não aplicação do recurso de repasse, desvio ou desaparecimento de recurso, omissão no dever de prestar contas e dano ao erário, firmado pela União“.

Ainda segundo a portaria, os recursos vieram  através repasses oriundos do Governo Federal através do Ministério da Saúde nos exercícios de 2013, 2014, 2015 e 2016 para construção de 6 UBSs (Unidades Básicas de Saúde).

Joaz designou uma Comissão para promover a apuração dos fatos, e a identificação dos responsáveis, fazem parte da comissão Cassiane Xavier de Castro, Edivan Souza dos Santos e Marcelo Barbosa de Lima Junior.

*Tomada de Contas Especial é um processo administrativo devidamente formalizado, com rito próprio, para apurar responsabilidade por ocorrência de dano à administração pública federal a fim de obter o respectivo ressarcimento.

A publicação da abertura do do processo administrativo foi publicada no dia 14 de maio, por meio do DOM (Diário Oficial do Município).