Idosa cai e fica ferida ao desembarcar do alternativo de Extremoz; motorista não esperou idosa descer

Uma idosa caiu no chão na manhã desta quinta-feira (29) ao desembarcar de um alternativo de Extremoz, após o motorista seguir viagem sem aguardar a idosa descer completamente do veículo.

O fato aconteceu em uma parada localizada no bairro do Igapó, precisamente em frente a uma Home Center na Avenida Bacharel Tomaz Landim.

O triste fato foi presenciando por outros passageiros e transeuntes que passavam pelo local, inclusive moradores de Extremoz, que indignados enviaram denúncias ao Portal Extremoz.

De acordo com os relatos a idosa estava descendo as escadas para desembarcar quando o motorista acelerou o veículo para prosseguir com a viagem.

A idosa que ainda não tinha descido completamente acabou caindo e bateu com a cabeça no meio fio tendo alguns ferimentos, felizmente leves.

Ela foi auxiliada por pessoas que estavam na parada e passavam pelo local, enquanto o motorista seguiu a viagem normalmente.

Essa não é a primeira vez que denúncias de desrespeitos com idosos nos transportes públicos de Extremoz são registradas.

Entre as principais denúncias estão a limitação de quantidade de idosos no veículo, muitos só aceitam levar apenas dois idosos em virtude da gratuidade, o que é irregular.

Quando esse “limite” imposto é ultrapassado eles não param mais para que outros idosos subam, ou quando param cobram metade da tarifa, outro ato irregular.

No caso específico dessa matéria, o veículo envolvido foi de uma cooperativa da linha C, de número E-14, que faz o itinerário Extremoz/Igapó, porém, as denúncias registradas frequentemente alcançam outras cooperativas, linhas e itinerários.