Homem é raptado em bar na ZN, morto a tiros e seu corpo é localizado em Extremoz

Um homem de 24 anos foi raptado de um bar na Zona Norte de Natal no domingo (14) e encontrado pela própria família morto a tiros na madrugada desta segunda-feira (15) na região metropolitana da capital. O caso foi confirmado pela Polícia Civil.

A vítima foi identificada como Bruno Souto de Melo, de 24 anos, que trabalhava como motorista por aplicativo.

De acordo com o registro na Polícia Civil, ele foi chamado por um amigo para jogar sinuca em um bar no loteamento José Sarney, localizado no bairro Lagoa Azul.

Durante o momento de lazer, quatro criminosos encapuzados chegaram ao local em um carro, renderam Bruno e raptaram o homem. Um dos criminosos também levou o carro da vítima – modelo HB20 de cor branca.

Ao saber do rapto, a família acionou a polícia e começou a fazer buscas pelo jovem por conta própria. O carro dele foi encontrado abandonado ainda no Gramorezinho, no bairro Lagoa Azul.

Por volta das 3h desta segunda (15), os familiares encontraram o corpo da vítima em uma área próxima à praia de Genipabu, em Extremoz, região metropolitana de Natal, com marca de tiros. Segundo a polícia, a área seria um ponto usado por criminosos para desova de corpos.

De acordo com a Polícia Civil, a própria mãe do homem estava no grupo que encontrou o corpo dele.

O corpo foi recolhido pelo Instituto Técnico-Científico de Perícia.

O caso será investigado pela Polícia Civil, que ainda deverá descobrir a autoria e a motivação do crime. Até a publicação desta matéria, nenhum suspeito foi preso.

VIA: G1RN