fbpx

Extremoz: trabalhadores em educação fazem protesto com presença de Joaz; Prefeito alega pagamento parcial devido a queda do FPM

Na manhã dessa segunda-feira (09) trabalhadores em educação do município de Extremoz realizaram um protesto em frente da Prefeitura de Extremoz.

O protesto foi aprovado em uma assembleia geral realizada pela categoria na última sexta-feira (04). O motivo é o pagamento parcial do salário dos servidores, alguns receberam até o final da sexta-feira e outros ainda não receberam.

O prefeito Joaz Oliveira esteve no local e se reuniu com a categoria, afirmando que não foi possível fechar a folha de pagamento por falta de recursos.

Joaz alegou alguns motivos que teriam contribuído para o problema, como por exemplo uma queda de 40% no repasse FPM (Fundo de Participação dos Municípios).

Ele também citou o problema da falta de recursos orçamentários do Minha Casa Minha Vida, motivando uma queda na arrecadações do município.

Ainda sim afirmou que a expectativa é que até o final da terça-feira (10) a folha de pagamento seja fechada, no entanto os servidores decidiram que só voltam ao trabalho quando o pagamento for efetivado.