Extremoz registra 69 perdas técnicas de doses das vacinas contra a covid-19

O município de Extremoz, na Região Metropolitana de Natal, já registrou 69 perdas técnicas de doses das vacinas contra o coronavírus destinadas aos idosos e profissionais de saúde.

O portal da transparência do Governo do Rio Grande do Norte aponta que 82% das perda foram ocasionadas pelo recebimento de doses menores do que o previsto nos rótulos dos frascos.

De acordo com o Governo do RN pelo menos 76 municípios reportaram que frascos da vacina CoronaVac tinham uma quantidade menor do que dez doses previstas .

Extremoz registrou 57 perdas operacionais das doses em virtude da quantidade menor do que a prevista nos frascos da vacina.

O município também registrou 2 doses perdidas por prazo de validade expirado, após a abertura do frasco.

No caso da vacina de OxFord/AstraZeneca o prazo de validade da vacina é de 6 horas após a abertura do frasco e para Coronovac/Butantan o prazo é de 8 horas.

Cerca de 10 doses foram perdidas em virtude de dano físico ao frasco ocasionado a quebra do mesmo, o que pode ter ocorrido durante o transporte ou nos locais de vacinação.

VACINAÇÃO

Ainda de acordo com o portal da transparência, Extremoz recebeu até o momento 5.676 doses das vacinas, aplicou 3.758 doses em 2.919 pessoas.

Nesta terça-feira (20) o município iniciou a vacinação em idosos acima de 64 anos.

Para se vacinar é necessário se dirigir até a UBS mais próxima portando um documento oficial de identidade com foto, cartão de vacina, comprovante de endereço e estar previamente cadastrado no RN MAIS VACINA.

No próprio sistema do RN MAIS VACINA o paciente consegue ver a localização da UBS mais próxima com vacinas disponíveis para aplicação após realizar o cadastro.