fbpx

Extremoz: MPRN instaura inquéritos civis para apurar série de irreguladores na Câmara, Saae e Tributação do município

O MPRN (Ministério Público do Rio Grande do Norte) por meio da Promotoria de Justiça de Extremoz, instaurou no dia 1º de julho uma série de inquéritos civis para apurar irregularidades em secretaria, licitações e órgãos de Extremoz.

No SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) dois inquéritos foram instaurados, um com objetivo de apurar suposto caso de funcionários fantasmas no âmbito do órgão e o outro apurar possível prática de improbidade administrativa pelos ex-gestores do SAAE em decorrência de condenação proferida pelo TCE/RN (Tribunal de Contas do Estado).

Na CME (Câmara Municipal de Extremoz) o MPRN irá apurar suposto caso de funcionários fantasmas no âmbito da Câmara e prática de nepotismo no ano de 2017 e 2018. A Secretaria Municipal de Extremoz também está na mira do MP.

A instituição irá apurar contratação de cargos comissionados para o cargo de fiscal da secretaria e possível irregularidade na contratação de pessoa jurídica para prestar serviço de treinamento e capacitação dos servidores da mesma secretaria.

EMPRESA CONTRATA TRIBUTAÇÃO

EX GESTORES SAAE

CARGOS TRIBUTAÇÃO

FUNCIONARIOS FANTASMAS

NEPOTISMO EXTREMOZ