Extremoz já arrecadou 94,28% do valor previsto para 2021 com taxa de iluminação pública

Faltando três meses para o final de 2021, a Prefeitura de Extremoz já arrecadou 94,28% do valor previsto para o período através da COSIP (Contribuição para Custeio do Serviço de Iluminação Pública).

Algumas pessoas ainda não sabem, mas iluminação pública é atribuição dos municípios e não da Cosern (Companhia Energética do Rio Grande do Norte).

Apesar de que todo mês os moradores encontram na conta de luz a taxa referente a iluminação pública, esse valor não fica com a empresa de energia, ele é repassado aos cofres do município.

A previsão de arrecadação da COSIP para o ano de 2021 é de R$ 3.823.180,00 (três milhões, oitocentos e vinte e três mil, cento e oitenta reais), o mesmo valor arrecadado no ano passado.

Até a publicação dessa matéria, o Portal da Transparência da Prefeitura de Extremoz aponta que no total R$ 3.604.458,95 (três milhões, seiscentos e quatro mil, quatrocentos e cinquenta e oito reais e noventa e cinco centavos).

Com esse percentual já arrecado até o momento tudo indica que mais uma vez o valor previsto será ultrapassado, assim como ocorreu em 2019 e 2020.

SITUAÇÃO DA ILUMINAÇÃO NO MUNICÍPIO

Como é de conhecimento geral de todos os munícipes, entre os anos de 2018 e 2020 o município atravessou sérios problemas em relação à iluminação pública.

Em 2019 a empresa responsável pela manutenção da iluminação pública teve o contrato suspenso e a conta bloqueada, assim como o ex-prefeito Joaz Oliveira e outras oito pessoas.

De acordo com uma ação movida pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte, havia indícios de favorecimento, fraude e superfaturamento em benefício da empresa.

Somente em 2019 o município de Extremoz havia arrecado R$ 3.419.212,89 (três milhões, quatrocentos e dezenove mil reais, duzentos e doze reais e oitenta em nove centavos).

Com a suspensão do contrato da empresa a situação que já não era boa piorou e chegou a um ponto tão crítico que se fez necessário o PORTAL EXTREMOZ acionar o Ministério Público, em virtude da grande quantidade de reclamações e crimes que ocorriam pela falta de iluminação.

Atualmente ainda existem relatos de escuridão e demora para realização de trocas de lâmpadas queimadas em alguns bairros do município, mas conforme informações do próprio responsável pelo setor, existe uma grande demanda reprimida e as equipes estão nas ruas diariamente realizando os reparos necessários.

Enquanto alguns bairros ainda sofrem com problemas de iluminação outros já estão 100% iluminados com as novas lâmpadas de led. O mais recente bairro a receber o serviço foi o da Redinha Nova, região litorânea de Extremoz.

As solicitações para troca de lâmpadas devem ser feitas através do WhatsApp (84) 99414-6904 e segundo o responsável pelo serviço passas em grupos de redes sociais, a resposta pode demorar em virtude da demanda, mas será acrescentada na ordem de demandas para o atendimento.