Extremoz e mais 28 cidades tem calamidade pública reconhecida pela ALRN

Na última terça-feira (7/4) a ALRN (Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte) reconheceu e declarou por meio de uma votação virtual situação de calamidade pública em Extremoz e mais 28 municípios do estado.

Além de Extremoz, Apodi, Afonso Bezerra, Angicos, Baía Formosa, Barcelona, Baraúna, Boa Saúde, Campo Redondo, Ceará Mirim, Doutor Severiano,Lagoa de Pedras, Macaíba, Monte Alegre, Monte das Gameleiras, Natal, Pau dos Ferros, Santa Cruz, Santana do Matos, São José do Campestre, São Miguel, São Rafael, Serra Caiada, Serra do Mel, Serrinha, Taipu, Umarizal, Upanema e Vera Cruz tiveram os decretos aprovados.

A situação de calamidade foi declarada pelos prefeitos em razão da pandemia do covid-19 (coronavírus), no dia 30 de março o prefeito Joaz Oliveira decretou  calamidade pública econômica e financeira no município e estabeleceu regime de quarentena.

Com os decretos aprovados pela ALRN  as prefeituras passam a ter novos mecanismos para viabilizar e agilizar a obtenção de recursos junto aos governos estadual e federal.