Em nota, Prefeitura de Extremoz atribui desabamento de creche às chuvas e terreno da construção

A Prefeitura de Extremoz emitiu no final da tarde desse domingo (01) uma nota sobre o desabamento de uma creche no distrito de Vila de Fátima que ocorreu pela manhã.

Segundo a nota “devido as fortes chuvas nos últimos dias, parte da estrutura da creche do Murici, em Vila de Fátima cedeu“.

A nota também cita que o prédio é antigo e foi construído em uma região próximo a vegetação, que representava um caminho natural de escoamento das águas das chuvas por valas.

Confira a nota completa:

Informamos que devido as fortes chuvas nos últimos dias, parte da estrutura da creche do Murici, em Vila de Fátima cedeu neste domingo, dia 1 de março, ocasionando desabamento de parte do prédio.
Na ocasião, a escola não estava funcionando e não haviam pessoas no prédio. A Defesa Civil, Setor de Engenharia e Secretaria de Infraestrutura e Obras do Município, além da Secretaria de Educação estão mobilizados para solucionar com maior brevidade possível a situação.
Trata-se de um prédio antigo que foi construído na região do Vale em um local próximo a vegetação e que representava no passado um caminho natural de escoamento das águas das chuvas por valas, que com as últimas chuvas comprometeu o terreno de fundação da escola.
Lamentamos profundamente o ocorrido, e estamos empregando todo esforço necessário para atender com maior segurança e brevidade todas as demandas.
Prefeitura Municipal de Extremoz