Em nota, Correios diz que está trabalhando para retomar o atendimento ao público na agência de Extremoz

Na manhã desta quarta-feira (24/6), a assessoria de comunicação do Correios enviou uma nota ao Portal Extremoz sobre o funcionamento da agência para atendimento ao público no município.

O Portal Extremoz entrou em contato com a empresa estatal em razão do fechamento da agência para atendimento ao público, que ocorre pela segunda vez desde o início da pandemia do coronavírus.

Em nota a empresa afirma que “os Correios lamentam os transtornos e informam que a unidade está temporariamente dedicada aos serviços internos e de distribuição, para garantir a entregas de cartas e encomendas em todo o município”.

Em relação a retomada do atendimento a estatal diz que “a empresa está atuando para retomar o atendimento ao público o mais breve possível” e que “para os moradores que necessitarem de atendimento, sugerimos a agência da cidade Ceará-Mirim”.

Confira a nota completa:

Sobre o atendimento na agência de Extremoz, os Correios lamentam os transtornos e informam que a unidade está temporariamente dedicada aos serviços internos e de distribuição, para garantir a entregas de cartas e encomendas em todo o município.

A empresa está atuando para retomar o atendimento ao público o mais breve possível. Para os moradores que necessitarem de atendimento, sugerimos a agência da cidade Ceará-Mirim.

Vale lembrar que neste momento, o país enfrenta uma pandemia. Logo, não há distinção entre serviços afetados: o que se constata é um quadro de desaceleração geral das atividades.

Desde março, os Correios vêm adotando sucessivas medidas de proteção à saúde de seus empregados, clientes e fornecedores, em função da pandemia do novo Coronavírus.

Além de intensificar as orientações ao efetivo quanto aos cuidados básicos de higiene e procedimentos de limpeza dos ambientes e equipamentos, todos os empregados têm acesso a álcool em gel e máscaras laváveis.

A empresa também tem realizado ações de sanitização nas unidades e encaminhado os empregados para a realização de exames. Foram instalados, ainda, painéis de acrílico em mais de 5 mil guichês de atendimento e também está sendo providenciada a vacinação contra gripe para todos os empregados.

Dessa forma, a estatal tem garantido a prestação dos serviços postais, considerados essenciais pelo Decreto nº 10.282/2020 da Presidência da República.

A situação, naturalmente, também impacta as atividades operacionais dos Correios. A empresa reitera que está realizando os ajustes necessários para viabilizar, com segurança, a continuidade de seus serviços.

Os Correios lamentam eventuais transtornos aos clientes e seguem à disposição pelos telefones 3003-0100 (capitais e regiões metropolitanas) e 0800 725 7282 (demais localidades), ou pelo Fale Conosco, no site www.correios.com.br.