Em Extremoz 742 alunos de escolas estaduais foram reprovados

A SEEC/RN (Secretaria Estadual de Educação e Cultura) disponibilizou através do Portal de Monitoramento da Educação os dados referentes ao ano letivo de 2018 nas escolas estaduais do município.

Em Extremoz um total de 742 alunos foram reprovados em 2018 e 152 se evadiram, ou seja, abandonaram a escola. o número de reprovações foi 1% menor do que em 2017, quando 754 alunos foram reprovados.


IMAGEM: MONITORAMENTO SEEC/RN

O número de estudantes matriculados nas escolas estaduais situadas em Extremoz foi 3.530, 2% a menos do que no ano anterior. Desse total de matriculados 50.4% dos estudantes eram do Ensino Médio, 38,2% do Fundamental II que compreende do 6º ao 9º ano e 16,8% do Fundamental I que compreende do 1º ao 5º ano.

2.460 alunos foram aprovados, as matérias com maior número de aprovação foram: Educação Física, História, Artes e Geografia. Já as com maiores números de reprovação foram: Língua Portuguesa e Matemática.

IMAGEM: MONITORAMENTO SEEC/RN

Extremoz possui hoje 7 escolas estaduais, a Escola Almirante Tamandaré é a escola com maior número de estudantes (1.602) e consequentemente a escola com maior número de alunos reprovados (369).

A Escola Lígia Navarro, localizada em Pitangui é a segunda escola com maior número de estudantes (621) e a segunda com maior número de alunos reprovados (173).

Lembrando que os dados são referentes apenas as escolas estaduais, todos os dados apresentados estão disponíveis no site https://sigeduc.rn.gov.br/sigeduc/public/transparencia