Crianças esperam escolar por mais de duas horas e são deixados na metade do caminho

O Portal Extremoz recebeu na tarde da sexta-feira (01) mais uma grave denúncia em relação a situação de como os estudantes de Extremoz estão sendo tratos pelas autoridades do município.

Segundo informações dos pais de alguns alunos da Escola Municipal Luíz Alves que fica localizada no Conjunto Estrela do Mar, os estudantes foram liberados mais cedo devido a falta de merendeira (uns dos problemas constantes denunciados pelos pais, tem merendeira mas não tem merenda ou tem merenda e não tem merendeira).

Esses estudantes que foram liberados por volta das 09hrs da manhã, sem lanchar, tiveram que esperar cerca de 2 horas e 30 minutos para que o escolar fosse buscá-los, isso porque o ônibus estava em uma outra rota.

Por volta das 11h:30m o escolar pegou os alunos e cerca de três crianças que residem do Central Parque Clube foram deixados no meio do caminho, nas proximidades do Quinta das Figueiras.

Ainda segundo relatos dos pais o escolar estava com problemas e o motorista resolveu deixar as crianças em uma parada, sem nenhuma supervisão, para que outro ônibus levasse os alunos até o destino final.

As crianças que tem entre 07 e 09 anos esperaram mas como já estavam com fome eles resolveram irem andado e percorreram cerca de 3km para poder chegar em casa, os pais ficaram revoltados pois não foram sequer alertados que o ônibus não passaria na hora combinada, ao estranhar a demora foram informados de que o ônibus iria buscar esses estudantes, mas foram deixados na metade do caminho.

Author: Redator