Cooptanorte e Cooptagran se unem e criam sistema de integração após decisão judicial

Os interessados criaram um sistema improvisado de integração entre as cooperativas, além de um terminal provisório na Passagem da Vila.

Após uma decisão judicial proferida nesta quarta-feira (10) em favor do Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros do RN (SETRANS/RN) e da empresa Guanabara as cooperativas Cooptanorte e Cooptagram se uniram.

A decisão impediu que os permissionários de interbairros ultrapassem os limites do transporte alternativo municipal, não podendo realizar o transporte alternativo intermunicipal, (Extremoz – Natal / Extremoz – São Gonçalo do Amarante).

Logo no início da tarde a prefeita de Extremoz Jussara Sales, o vice-prefeito Izidoro Filho e o procurador Geral do município João Bastida de Souza estiveram reunidos.

Também participaram da reunião alguns vereadores, secretário adjunto de transporte do município Marlon Sena, a cooptnorte e permissionários do transporte coletivo de Extremoz e São Gonçalo do Amarante.

O objetivo do encontro foi informar a todos sobre a ordem judicial que o município recebeu a respeito do trabalho desempenhado por esses transportes em Extremoz.

Após várias horas de reunião a Cooptanorte (Cooperativa de Transportadores Autônomos do Estado Rio Grande do Norte) e a Cooptagram (Cooperativa de Transportes da grande natal) chegaram a um denominador comum.

Os interessados criaram um sistema improvisado de integração entre as cooperativas, além de um terminal provisório na Passagem da Vila, limite entre os municípios de Extremoz e São Gonçalo do Amarante.

O sistema consiste na operação da Cooptanorte dentro dos limites de Extremoz, deixando os passageiros no terminal provisório na Passagem da Vila.

Da Passagem da Vila até o Igapó a Cooptagran transportará os passageiros utilizando o sistema de integração, pagando portanto uma única passagem.

Dessa maneira a cooptanorte não irá ultrapassar os limites de Extremoz e a Cooptagran não irá ultrapassar os limites de São Gonçalo do Amarante.

O sistema começará a operar já nesta quinta-feira (11) e a tarifa será de R$ 3,50 podendo ser em espécie ou utilizado o RN Card.