Cédulas falsas são vendidas na internet sem nenhuma restrição

É cada vez mais comum encontrar anúncios absurdos na internet, entre eles a venda aberta e irrestrita de cédulas de dinheiro falsificadas. A comercialização acontece em todo ambiente da internet, em toda parte do País incluindo Natal e região e a todo momento, são anúncios em grupos de Facebook, Whatsapp e em alguns sites.

Em Extremoz no mês de Janeiro um lote de notas falsas de R$ 50 estava circulando pela cidade, várias cédulas chegaram a ser apreendidas, inclusive no mês de fevereiro durante a realização do “Nossas Praias” no carnaval, um homem chegou a ser preso pela Policia Civil em Pitangui após tentar passar uma cédula falsa para um comerciante.

Observe bem essa imagem que recebemos:

O anúncio acontece em um grupo denominado “OLX Natal”, nele diz que a cédula “passa no teste da caneta” ou seja, o teste usado para detectar se uma nota é verdadeira ou falsa.

De acordo com o artigo 289 do Código Penal, falsificar, fabricar ou alterar moeda metálica ou papel moeda de curso legal no país ou no estrangeiro é crime. A pena varia de três a 12 anos de prisão e multa. Estará sujeito à mesma pena quem importar ou exportar, adquirir, vender, trocar, ceder, emprestar, guardar ou introduzir na circulação moeda falsa. Mesmo tendo recebido de boa-fé, comete crime, com pena prevista de seis meses a dois anos e multa, quem a recebe e a mantém em circulação, repassando a outros.