Caixa fará crédito em conta do saque do FGTS para nascidos entre maio e agosto

A CAIXA realiza, nesta sexta-feira (27), o crédito em conta do Saque Imediato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para os trabalhadores nascidos entre maio e agosto. Nesta segunda etapa do calendário, cerca de 12,3 milhões de trabalhadores com conta poupança na CAIXA receberão automaticamente até R$ 500 de cada conta ativa ou inativa do Fundo. O total a ser recebido pelos trabalhadores representa mais de R$ 5,1 bilhões.

De acordo com o presidente da CAIXA, Pedro Guimarães, o pagamento do Saque Imediato do FGTS realizado por meio de crédito em conta é uma estratégia do banco para garantir mais comodidade e segurança ao trabalhador. “Estamos iniciando mais uma fase do maior pagamento da história do Brasil. O volume de pagamentos demonstra que a estratégia de atendimento adotada pela CAIXA tem sido bem-sucedida. Desde o início do calendário, já foram injetados na economia mais de R$ 10 bilhões”, destaca o presidente.

O crédito ocorrerá automaticamente nas datas previstas no calendário nas contas poupança da CAIXA abertas até 24/07/2019, data de edição da MP 889/2019. O trabalhador também pode optar por receber em outras contas da CAIXA, nos canais: Internet Banking CAIXA, APP FGTS e o site fgts.caixa.gov.br.

No caso de não desejar retirar os recursos, o cidadão deve informar ao banco, por meio dos canais divulgados no site fgts.caixa.gov.br, para que os procedimentos necessários sejam tomados e os valores não sacados retornem à conta vinculada ao FGTS.

Números do Rio Grande do Norte:

Nessa segunda data do calendário de saques, somente no estado do Rio Grande do Norte, mais de R$66 milhões de reais serão pagos a um total de 183 mil trabalhadores. Com destaque para os municípios de Natal (R$30 milhões para 80 mil trabalhadores), Mossoró (R$8,5 milhões para 23 mil trabalhadores) e Caicó (R$2,6 milhões para 7 mil trabalhadores).

Pagamentos do FGTS:

O saque de até R$ 500 das contas vinculadas de titularidade do trabalhador, limitado ao valor do saldo das contas, foi estabelecido pela Medida Provisória nº 889/2019 e é realizado conforme exemplos abaixo:

O Saque Imediato do FGTS pode resultar em uma liberação de cerca de R$ 28 bilhões para a economia ainda em 2019 e R$ 12 bilhões para 2020. Mais de 96 milhões de trabalhadores têm direito ao saque dos recursos.

Números do primeiro calendário:

A CAIXA creditou, em 13/09/2019, 5 bilhões nas contas de 12 milhões de trabalhadores. Essa movimentação representou 12,5% de todo o valor que será liberado até março de 2020.

Cronograma de saque:

Quem possui poupança na CAIXA ou quem fez adesão ao recebimento na conta corrente seguirá o cronograma abaixo para receber os valores do FGTS automaticamente.

Para quem não possuí conta:

Para quem possui cartão e senha do Cidadão, o saque pode ser feito nos terminais de autoatendimento, independentemente do valor. Os saques de até R$ 100,00 poderão ser realizados em casas lotéricas, mediante apresentação de documento de identidade original com foto e número do CPF. As lotéricas também pagarão valores entre R$ 100 e R$ 500, porém com uso do cartão e senha do Cidadão.