Caixa e Governo Federal anunciam calendário das parcelas extras do auxílio emergencial

A quinta parcela da prorrogação do auxílio emergencial 2021 começará a ser paga no próximo dia 18 para os beneficiários do Bolsa Família.

Para o público geral, que recebe por meio da conta poupança digital, os depósitos começarão no próximo dia 20.

O calendário da prorrogação do auxílio emergencial foi anunciado nesta quinta-feira pelo ministro da Cidadania, João Roma, e pelo presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães.

O cronograma inclui pagamentos em fins de semana e feriados, assim como o pagamento a beneficiários nascidos em meses diferentes num mesmo dia.

A quinta parcela será depositada para o público em geral – trabalhadores informais e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal – entre 20 e 31 de agosto, variando conforme o mês de nascimento.

O pagamento aos beneficiários do Bolsa Família será realizado nos dez últimos dias úteis de cada mês, como ocorre desde o início do auxílio emergencial, no ano passado.

A sétima e última parcela será paga entre 18 e 29 de outubro. O calendário é distribuído conforme o dígito final do Número de Inscrição Social (NIS) e o saque pode ser efetuado no mesmo dia do depósito.

No caso dos demais beneficiários, os saques e o direito de transferir o saldo do aplicativo Caixa Tem para qualquer conta bancária ocorrem de duas a três semanas após o depósito na conta poupança social digital.

A quinta parcela poderá ser sacada de 1º a 20 de setembro, obedecendo o mês de nascimento. Para a sexta e a sétima parcelas, a retirada ou transferência poderá ser realizada de 4 a 19 de outubro e de 1º a 19 de novembro, respectivamente.

Diferentemente das quatro primeiras parcelas de 2021, que tiveram o calendário de depósitos e de saques antecipados em algum momento, o cronograma das três parcelas restantes não sofrerá alterações, segundo o presidente da Caixa.

Como o banco tem noção da parcela que movimenta o benefício pelo Caixa Tem e da proporção que precisa sacar em espécie, a instituição conseguiu elaborar um calendário ajustado, sem espaço para antecipações.

“Como já tivemos a análise da eficiência do pagamento, esse é o calendário final. Quando anunciamos o primeiro calendário, demos um pouco mais de espaço para ver a eficiência do uso do aplicativo Caixa Tem. Hoje temos uma estimativa de quem recebe pelo aplicativo e quem, de fato, precisa sacar”, explicou.

Confira os calendários de depósito e de saques da prorrogação do auxílio emergencial:

5ª PARCELA

MÊS DE NASCIMENTO CRÉDITO EM CONTA P/ MOV. ONLINE* LIBERAÇÃO PARA SAQUES E TRANSFERÊNCIAS*
JANEIRO 20/8 1/9
FEVEREIRO 21/8 2/9
MARÇO 3/9
ABRIL 22/8 6/9
MAIO 24/8 9/9
JUNHO 25/8 10/9
JULHO 26/8 13/9
AGOSTO 27/8 14/9
SETEMBRO 28/8 15/9
OUTUBRO 16/9
NOVEMBRO 29/8 17/9
DEZEMBRO 31/8 20/9

6ª PARCELA

MÊS DE NASCIMENTO CRÉDITO EM CONTA P/ MOV. ONLINE* LIBERAÇÃO PARA SAQUES E TRANSFERÊNCIAS*
JANEIRO 21/9 4/10
FEVEREIRO 22/9 5/10
MARÇO 23/9
ABRIL 24/9 6/10
MAIO 25/9 8/10
JUNHO 26/9 11/10
JULHO 28/9 13/10
AGOSTO 29/9 14/10
SETEMBRO 30/9 16/10
OUTUBRO 01/10 18/10
NOVEMBRO 02/10 19/10
DEZEMBRO 03/10

7ª PARCELA

MÊS DE NASCIMENTO CRÉDITO EM CONTA P/ MOV. ONLINE* LIBERAÇÃO PARA SAQUES E TRANSFERÊNCIAS*
JANEIRO 20/10 1/11
FEVEREIRO 21/10 3/11
MARÇO 22/10 4/11
ABRIL 23/10 5/11
MAIO 9/11
JUNHO 26/10 10/11
JULHO 27/10 11/11
AGOSTO 28/10 12/11
SETEMBRO 29/10 16/11
OUTUBRO 30/10 17/11
NOVEMBRO 18/11
DEZEMBRO 31/10 19/11

FONTE: AGÊNCIA BRASIL