Após bloqueio no repasse Joaz vai à Brasília para recuperar R$2 Milhões

O MS (Ministério da Saúde) bloqueou no mês de Junho um repasse de R$2 milhões que seria destinado ao Hospital Municipal Café Filho, o município não atendeu exigências e compromissos referentes à sala de estabilização e à habilitação e qualificação de leitos de enfermaria clínica de retaguarda do Pronto Atendimento 24h e Maternidade Municipal Presidente Café Filho.

Porém o Prefeito Joaz Oliveira foi até o Ministério da Saúde em Brasília para reaver o recurso, Joaz afirmou que todas as pendências administrativas detectadas pelo Ministério haviam sido sanadas. Ele apresentou documento assinado pela Comissão Intergestores Bipartite/RN (órgão que tem como objetivo orientar, regulamentar e avaliar os aspectos operacionais do processo de descentralização das ações de saúde) atestando que as adequações necessárias já haviam sido realizadas.

O secretário de Atenção a saúde afirmou que após todas as informações serem confirmadas o recurso será liberado. A reunião ocorreu na quarta-feira (6), e contou com a presença do senador Garibaldi Filho, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, e o secretário de Atenção à Saúde, Francisco de Assis Figueiredo.